Produtos marcantes do passado que acabaram sumindo do mercado sem ninguém notar

Produtos marcantes do passado que acabaram sumindo do mercado sem ninguém notar

Alguns produtos do passado marcaram a juventude de muitas pessoas, mas acabaram sumindo com o passar dos anos de maneira que ninguém nunca mais ouviu falar. Hoje vamos te relembrar algumas dessas mercadorias que foram muito populares antigamente! Confira a seguir:

1) Chiclete Ping Pong

Foi o primeiro chiclete a ser comercializado no Brasil através da empresa Kibon, em 1945. Era duro, mas mesmo assim todo mundo adorava mascar. Acompanhava figurinhas que deixavam as pessoas cada vez mais interessadas em comprá-lo para formar uma coleção.

Também concorria muito com o chiclete Ploc da marca Adams, porém ambos foram comprados pela empresa Kraft Foods. Após alguns anos acabaram perdendo espaço no mercado com  achegava do Big Big e do Bubbaloo.

Leia também: Fotógrafo cria série de fotos que mostra como o passar do tempo pode mudar uma pessoa

 

2) Refrigerante 7 UP

Ainda é um refrigerante muito famoso em alguns países, mas acabou não dando muito certo no Brasil. Só foi fabricado aqui por dois anos e pelo seu baixo desempenho de vendas acabou sendo retirado do mercado.

3) Refrigerante Mirinda

Esse refrigerante de laranja era fabricado pela Pepsi e foi muito popular durante os anos 80, até que saiu do mercado em 1998, quando foi substituída pela Sukita através da Ambev.

4) Guaraná Brahma

O refrigerante foi lançado em 1927 pela cervejaria Brahma, até que houve uma união entre a Brahma e a Antártica, resultando na atual Ambev. A empresa acabou optando por manter o Guaraná Antártica e suspendeu a produção do Guaraná Brahma em 1989.

 

5) Creme dental Kolynos

A marca norte-americana foi muito popular no Brasil! Chegou ao país em 1917 e fez sucesso com seus famosos comerciais de TV. A marca acabou sendo comprada pela Colgate-Palmolive e acabou sendo substituída pela Sorriso, que até hoje carrega a mesma identidade visual da Kolynos.

6) Gurgel Motores do Brasil

A empresa de automóveis brasileira foi desenvolvida por um engenheiro chamado João Augusto Gurgel. Chegaram a produzir cerca de 30 mil veículos dentro de 27 anos, porém ocorreram alguns erros de produção e a montadora acabou acumulando algumas dívidas. Além disso, com a chegada de empresas internacionais como a Volkswagen, a concorrência foi aumentando e diminuindo o fluxo de vendas da marca.

Gurgel Motores não teve nenhum tipo de apoio ou auxílio do governo e acabou decretando falência em 1994. Mantiveram alguns projetos, mas em 1996 fecharam as portas de vez.

7) Sorvetes Yopa

A Yopa foi uma empresa muito famosa de sorvetes, muitos de seus sabores marcaram a infância de várias pessoas. Em 1972 foi comprada pela Nestlé, que adicionou outros tipos de picolé à marca. Ela utilizou o nome Yopa até o ano de 2000, quando decidiu transformá-la em Sorvetes Nestlé.

Leia também: Produtos nostálgicos que eram sinônimo de ostentação para os jovens de antigamente

8) Jogo Papa Tudo

Esse “jogo” nada mais era que um título de capitalização onde as pessoas compravam cartelas com números da sorte. Foi divulgado em muitos comerciais, inclusive com participação da Xuxa. A pessoa que comprava o título poderia trocar o documento depois de um ano, recebendo metade do valor pago mais alguns juros e correções. Porém, a empresa começou a dever o dinheiro de seus consumidores, criando uma dívida absurda que prejudicou muitas pessoas.

9) Pirulito Zorro

Foi um pirulito muito famoso nos anos 80, fabricado pela empresa Campineira e seu sabor era de caramelo com coco. Antigamente a companhia realizava a entrega dos doces através de um veículo preto estampado com a imagem do Zorro, e foi assim que nomearam seu pirulito de sucesso.

Comentário